Transformação digital: é tempo de mudança

A transformação digital nas corporações vai além do uso de redes sociais e compartilhamento de arquivos na nuvem: ela envolve a adoção de uma cultura digital para reestruturação e otimização dos processos internos, de forma a promover inovação no modelo de negócios, melhora da eficiência, aprimoramento da experiência do cliente, ampliação de vantagens competitivas e auxílio na tomada de decisões. Com a inovação desenfreada provocada pela tecnologia da informação e as pessoas nutrindo novas necessidades a todo o momento, as empresas devem estar atentas e preparadas para moldar os negócios constantemente.

A evolução digital viabiliza novas oportunidades e representa uma diferenciação no mercado. Os resultados podem ser constatados na prática: dentre os benefícios percebidos por empresas que já adotaram a transformação digital em seus modelos de negócios estão o aumento do market share, do engajamento do consumidor em canais digitais e do volume de tráfego na web/mobile, de acordo com pesquisa divulgada em 2016 pelo Altimeter Group.

O planejamento para a implementação da transformação digital deve repensar o propósito da corporação e criar novos modelos de atuação. Para tal, é preciso contar com a ajuda de gestores engajados e estratégicos, que realmente acreditem na proposta e criem oportunidades valiosas. O ideal, antes de iniciar os esforços, é realizar uma sondagem para identificação das demandas da equipe interna, benefícios que poderão ser agregados aos clientes, como isso será integrado à cadeia de processos e como pode trazer resultados satisfatórios para a empresa.

É interessante observar que nem sempre a transformação digital envolve a adoção de tecnologias inovadoras. Há casos em que uma boa ideia é suficiente para que se obtenha resultados revolucionários. Esse é o caso dos aplicativos de mobilidade urbana ou de hospedagem, que criaram soluções para as demandas das pessoas com recursos já existentes no mercado, e provocaram grandes mudanças nos respectivos setores.

Para que uma companhia consiga atingir os objetivos de transformação digital, é necessário passar por uma migração de processos, operações e gestão. Isso pode acarretar na criação de novos cargos, como especialistas dentro da própria equipe de TI aptos a conduzir uma mudança na cultura organizacional e de inovação. Além disso, setores como vendas e marketing devem executar novas tarefas estratégicas, indispensáveis para a mudança junto aos clientes.

Se a organização tem interesse em adotar a transformação digital mas não sabe por onde começar ou não possui um setor de TI estruturado, talvez precise da assessoria de uma empresa especializada para definir e acompanhar a migração para o digital. Isso fará com que a equipe não desvie do foco, e que seja realizada uma análise assertiva de como otimizar o desempenho e definir as melhores alternativas. Além disso, caso a companhia não possua equipamentos adequados, será necessário providenciar a aquisição da infraestrutura, como redes e estruturas em nuvem.

A transformação digital deve envolver um planejamento estratégico consistente, uma vez que a expectativa é que o investimento nesse modelo de negócio traga um retorno financeiro considerável. Resta saber se a empresa está disposta a encarar de frente essa onda de inovação. A sua está?


Conheça soluções de mobilidade digital para o seu negócio: www.fluidobjects.com.br


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aplicativos corporativos personalizados: entenda o custo-benefício

Como otimizar resultados com e-mail marketing