Como funciona a computação em nuvens

Quando falamos em computação em nuvens, ou cloud computing, referimo-nos à um servidor que armazena dados na internet. Essa rede de conexão permite que o usuário acesse arquivos pessoais ou compartilhados e execute diferentes tarefas a partir de qualquer computador ou dispositivo móvel.

A computação em nuvens está muito e cada vez mais presente em tarefas cotidianas. Isso porque, em posse de um dispositivo com conexão à internet, é possível acessar qualquer conteúdo ou arquivo apenas efetuando login em uma conta pessoal. As redes sociais e a maioria dos aplicativos móveis são exemplos de emprego dessa funcionalidade.

A possibilidade do uso da cloud computing em tarefas rotineiras despertou tamanha expectativa há poucos anos atrás, que chegou-se a presumir que tudo o que diz respeito ao uso de softwares e armazenamento de arquivos seria, hoje, realizado por meio da computação em nuvens. Essa teoria, no entanto, está longe de se consolidar, uma vez que grande parte dos serviços de internet, principalmente no Brasil, oferecem instabilidade e baixa qualidade.

As empresas de tecnologia, principalmente as que dominam o mercado, investem muito em cloud computing. Para poder armazenar informações ou arquivos na nuvem é preciso ter um sistema de segurança extremamente avançado, uma vez que o conteúdo armazenado não pode ser perdido, nem corrompido. Para tornar isso possível, é necessário ter um servidor físico de alta performance para armazenar os dados.

Conheça as principais vantagens e desvantagens da computação em nuvens:

VANTAGENS
  • Não é necessário ter uma máquina potente pois não é preciso instalar arquivos no dispositivo, portanto, gera corte de custos.
  • Acesso a dados, arquivos e aplicativos de qualquer lugar e dispositivo com conexão à internet.
  • Maior segurança das informações, uma vez que a proteção dos dados se deve a constantes backups realizados no sistema. Com isso, há menos preocupação quanto à perda de arquivos, como acontece nos aparelhos físicos.
  • Os mesmos arquivos podem ser acessados em diferentes dispositivos - tablet, smartphone, computador - sem que haja perda de informações.

DESVANTAGENS
  • Necessidade de uma internet estável e rápida para funcionar adequadamente.

No âmbito corporativo, a computação em nuvens é uma ferramenta excelente para que a equipe interna e os clientes acessem dados da empresa. No entanto, é necessário que a companhia viabilize esse processo por meio do desenvolvimento de softwares que geram benefícios tanto ao público interno, quanto externo.


Entre em contato com a Fluid Objects e converse com nossos profissionais: www.fluidobjects.com.br
Baixe nosso e-book e entenda por que sua empresa deve mudar para o mobile.
Veja também: Aplicativos, uma forma eficaz de inbound marketing


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aplicativos corporativos personalizados: entenda o custo-benefício

Transformação digital: é tempo de mudança

Como otimizar resultados com e-mail marketing